"Eu escrevo para fazer existir e para existir-me.
Desde criança procuro o sopro da palavra que dá vida aos sussurros. "

Clarice Lispector

domingo, 29 de maio de 2011

"Quando a chuva passar..."




Sei que preciso falar, sei que preciso dizer varias coisas. Andei escrevendo coisas caóticas enquanto estava com você ontem em meu pensamento. Tu sabes que escuto cazuza e que passei a TV para meu quarto deixando o DVD dele em stand by para momentos como esse. Cazuza é um de meus heróis, é lindo o que ele consegue escrever e ainda mais como transforma em musica. E ontem escutei uma musica que ate então me fazia refletir, porem não tanto como ontem: “Às vezes te odeio por quase um segundo/ Depois te amo mais/ Teus pêlos, teu gosto, teu rosto, tudo/ Tudo que não me deixa em paz”.

Sei que penso muito antes de dizer coisas, ou de fazer coisas e depois de pensar um pouco mais descobri que essa magoa era a sensação de estar sozinha, sendo desta forma totalmente egoísta da minha parte, pois você não o faz por querer. E admitir isso assim de cara limpa e aqui, dói muito. Nunca fui muito amiga de solidão não, e você por vezes me faz ficar perto dela,ainda que não quisesse, faz,ainda que não seja querendo,acontece. E isso machuca mesmo que não tenha nenhuma parcela de culpa.

E você anda com sua honestidade e me limita a dizer certas coisas porque sei que são verdades,você chega distraído,sossegado,não esperando absolutamente nada, alem de meu abuso,mais não anda muito desesperado com isso. E será nessa sua apatia a minha insegurança. Pois ao contrario de você sempre andei desesperada (por mais que não faça transparecer isso), meia sem rumo quando se trata de você, brigando comigo mesma por coisas tolas, me perguntando se tudo isso vale a pena de verdade, ainda que compreenda tudo que vem de você. Entender as pessoas é difícil pacas, porem entendo você perfeitamente e não sei se será capaz de fazer o mesmo ou se estas disposto a isso.

Tenho uma admiração quase que insuportável por você, pelo jeito risonho e serio quando necessário, por sua bondade que esta presente sempre, e que apesar de tudo sabe me fazer feliz.


o titulo é de ivete, composição de Ramón Cruz.
Letra e video:http://letras.terra.com.br/ivete-sangalo/330694/

15 comentários:

  1. "que esta presente sempre, e que apesar de tudo sabe me fazer feliz."
    e às vezes quando longe estiver de corpo,estará presente em alma e coração! :)
    Lindo a forma como escreves viu?
    Um beijo,Flor!
    Domingo cheio de paz pra ti!

    ResponderExcluir
  2. Quando essa chuva de sentimentos passar,,,ao certo teremos aquele aroma de amor misturado com natureza, e um vento de carinho entrando pela janela....grande beijo de boa semana,,,obrigado pela visita...

    ResponderExcluir
  3. OLá Tarsi !! Obrigada pela visita !!
    Seu cantinho é muito lindo !!
    Uma semana linda pra vc,
    Bjss

    ResponderExcluir
  4. Tarsila,


    ...se apesar de tudo sabe fazer feliz, isso basta!



    Um abraço, mMrluce

    ResponderExcluir
  5. ficou mesmo encantada pelo jeito dessa pessoa! Adorei o texto. UM BEIJO :)

    ResponderExcluir
  6. É gira a letra, apesar de não fazer o meu género ;) *

    ResponderExcluir
  7. Que lindo mesmo!!!!!!
    Beijo e boa semana
    Helena

    ResponderExcluir
  8. Que lindo querida!
    Amei!
    Beijos meus e uma boa semana pra ti!

    ResponderExcluir
  9. Beijo carinhoso de bom dia pra ti amiga...

    ResponderExcluir
  10. Lindo Texto Tarsila!!
    boa semana p ti =)

    ResponderExcluir
  11. O importante é ser Feliz!!!!

    Lindo blog!

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Que lindo!

    Lembrei de um pensamento do Caio F.
    O importante você sabe, menina. É o quão isso te faz feliz e só.

    Diz mais ou menos assim, rs, acho incrivel.

    Beeijo meu*

    Que encanto de blog!

    ResponderExcluir
  13. "E admitir isso assim de cara limpa e aqui, dói muito."

    Que postagem incrível.

    ResponderExcluir
  14. Desabafos... é bom fazê-los, e quando a chuva passa, o sol volta sempre a brilhar!!!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo carinho, beijos tarsi!