"Eu escrevo para fazer existir e para existir-me.
Desde criança procuro o sopro da palavra que dá vida aos sussurros. "

Clarice Lispector

sábado, 28 de maio de 2011

BELIEVE

“Metade de mim agora é assim: de um lado a poesia, o verbo, a saudade. Do outro a luta, a força e a coragem pra chegar no fim. E o fim é belo incerto… depende de como você vê o novo, o credo, a fé que você deposita em você e só.” (O Teatro Mágico)

-


-


Tudo sempre começa com coisas distintas serão dois corpos, duas visões de mundo, duas pessoas com suas singularidades e defeitos e de repente quando você percebe já esta modificando coisas que lhe eram essenciais, que lhe satisfaziam e que de certo forma ainda dão “prazer” porem você será capaz de deixá-las de lado para beneficio do outro. Quanto mais me vejo em você, mas me afasto daquilo que na verdade era EU. Nunca fiquei satisfeita com o bom, eu sempre quis o melhor, não gosto de afetos medíocres (falo de amor), não gosto de amor falso, tem que ser verdadeiro pra ser amor, aliás, tem que ser muito verdadeiro. Sempre busco nas pessoas o melhor, fechando dessa forma meus olhos pros defeitos,quando conheci você encontrei algo suficientemente bom,então parei de prestar atenção em outras coisas e passei a me entregar de uma forma inexplicável só pra você,mas hoje vejo que isso não basta, é necessário a entrega das duas almas, senão não funciona. Sou perfeccionista e me apego a detalhes, e é difícil conviver sem algo que nos é necessário. É preciso força para viver em dias ruins, e se preciso deles pra estar com você, então serei forte, não sei ate quando consigo, mais estou tentando, de verdade.

11 comentários:

  1. Agradeço a sua visita e as suas palavras, pequena princesa :)

    Tudo o que aqui está eu me revejo pela realidade descrita! Amores medíocres? Não! Darei sempre olho aos detalhes, ao melhor e não me limitarei pelo bom. Adoro seu jeito simples e puro de escrever!

    Não há metades no amor, no amor só duas pessoas fazem um todo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Sim claro, é sempre vestido ;)

    ResponderExcluir
  3. É verdade. Noite e Dia. Vida e Morte. Alegria e Tristeza. Ying e Yang! :)

    ResponderExcluir
  4. 'É preciso força para viver em dias ruins'
    Siim,a todo momento é preciso força,é nesses dias ruins que a vida traça rumos direto sem volta,e temos que mostrar para ela que conseguiremos e que melhor ainda, conseguirá junto de alguém especial :)

    ResponderExcluir
  5. eu também acho. mas para certas pessoas nao é...

    ResponderExcluir
  6. Obrigada pelo teu comentário :)
    Tens aqui um belo texto, vou seguir :D *

    ResponderExcluir
  7. Todo caminho tem duas vias, nao dá pra ir de contramão e nem sozinho...

    Um ótimo sábado!

    ResponderExcluir
  8. são as mais belas quando no fim ficamos juntos :)

    ResponderExcluir
  9. Tarsi, ainda bem você me corrigiu, acredita que além de mala, tenho esquecido as palavras?

    beijocas

    ResponderExcluir

Obrigada pelo carinho, beijos tarsi!