"Eu escrevo para fazer existir e para existir-me.
Desde criança procuro o sopro da palavra que dá vida aos sussurros. "

Clarice Lispector

quinta-feira, 7 de julho de 2011

EU TE AMO, MAS TAMBÉM ME CANSO.(CAIO F)



Impossível não pensar em você, em não pensar em te querer. Eu ando evitando você que é pra não fraquejar e me entregar, porque devido aos fatos, estes que vem me incomodando desde semanas atrás, devido a eles e a você que ando meio inquieta e com umas coisas a mais para pensar.
E apesar de toda essa “coisa” que me aflige, eu quero você, ainda que me faça chorar, quero você me olhando nos olhos e fazendo estratégias para eu ficar, afinal da pra sentir que quando você esta por perto tudo muda a cor. E por enquanto anda tudo muito cinza, eu preciso desse amor, preciso saber ate onde ele é capaz de ir, ate onde ele transborda, pois eu tenho amor em meu peito, sendo assim tanto faz se ta tudo cinza ou colorido.
Eu aprendo com erros, mas também com acertos, espero que você tenha um plano muito bom para meus lábios começarem a sorrir para você novamente, como de costume.

7 comentários:

  1. Cansei, e muito. Então resolvi não voltar, preferi meu alento.

    ResponderExcluir
  2. ...é, por muitas vezes nos cansamos do amor e por isso digo como Clarice Lispector:"Desisto, o amor se quiser que me encontre."
    Adorei postagem, definição completa do meu-eu.
    Abraços e bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  3. o plano dele falhou, estou esperando-o para sorrir até agora.

    ResponderExcluir
  4. na minha página principal tem um mero selinho esperando por vc, bj.

    ResponderExcluir
  5. eu ainda não csnsei , to aqui esperando só não sei até quando ...

    Bjos!

    ResponderExcluir
  6. Se a vontade for grande e ele realmente querer não precisará nem de planos pra ele te fazer sorrir novamente! Acontecerá da forma mais surpreendente, natural e bela!
    beeijo;*
    Boa semana!

    ResponderExcluir
  7. E assim a vida segue: às vezes colorida, às vezes cinzenta.

    ResponderExcluir

Obrigada pelo carinho, beijos tarsi!